Certa garota imaginava sobre como um santo pode ser. A sua mãe a levou a uma enorme catedral para ver os lindos vitrais com cenas da Bíblia. Ao ver a beleza de tudo aquilo, ela gritou: “Agora sei o que são os santos. Eles são pessoas que deixam a luz resplandecer!”

Alguns de nós podemos pensar que os santos são pessoas do passado que viveram vidas perfeitas e fizeram milagres semelhantes aos de Jesus. Mas, quando uma tradução das Escrituras usa a palavra santo, ela se refere a qualquer pessoa que pertence a Deus por meio da fé em Cristo. Em outras palavras, os santos são pessoas como nós que têm o elevado chamado de servir a Deus enquanto refletimos o nosso relacionamento com Ele onde quer que estejamos e no que quer que façamos. É por isso que o apóstolo Paulo orou para que os olhos e a compreensão de seus leitores fossem abertos para pensarem em si mesmos como herança preciosa de Cristo e santos de Deus (Efésios 1:18).

Então, o que vemos no espelho? Não há halos ou vitrais. Mas se estivermos cumprindo o nosso chamado, nos pareceremos com pessoas que, talvez até mesmo sem perceber, resplandecem as ricas cores de amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade e domínio próprio de Deus.

Santos são pessoas por meio das quais a luz de Deus resplandece.