Pastor fala que evangelizou com vídeo criticando crentes

 

Pastor, coach e líder do Instituto Destiny, Tiago Brunet possui mais de um milhão seguidores nas plataformas digitais. Porém, um dos seus vídeos Gravado no começo de abril, em Se Você Não é Crente, causou certa polêmica nas redes sociais.

“Eu não planejei falar sobre esse assunto. Eu estava pregando e, na verdade, eu percebo o quanto as pessoas amam a Deus e não conseguem ir à igreja por causa de nós, que somos crentes. Mas a gente atrapalha às vezes a conversão das pessoas com a nossa forma de ser, forma de julgar” , explicou Brunet em entrevista.

Em um dos trechos do vídeo, o coach pede que as pessoas perdoem os evangélicos por se acharem superiores.

Sobre a repercussão, apesar de admitir ter recebido algumas críticas, Brunet conta que também ganhou apoio. “Graças a Deus o resultado foi bom, porque muita gente me ligou dizendo que amigos que não conheciam a Deus agora estão preocupados em escutar a Palavra” – revelou.

Sobre críticas que teria recebido de outros líderes religiosos por ser um coach espiritual, Brunet esclarece: “Não é questão do coach espiritual. A nossa conversa foi sobre mentoriar pastores. O vídeo que vazou do pastor Silas Malafaia falando sobre a questão foi cortado maldosamente. Não foi bem o que o pastor Silas quis dizer. A nossa conversa foi sobre ter cuidado com os nomes que a gente coloca. Mentoria de Pastores, um projeto na Casa Destiny, a gente mudou para Mentoria para Líderes, por exemplo. Foi isso apenas”.

 

Assista o vídeo

Compartilhar:

Deixe seu Comentário